O pai de uma profissional médica, que não quis se identificar, denunciou na Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta terça-feira, 16, que o pagamento do valor dos plantões de médicos que trabalharam na Micareta de Feira de Santana do ano passado ainda não foram pagos.

O pai da profissional quis chamar a atenção dos vereadores e pediu a interferência dos parlamentares junto ao Poder Executivo, para que o pagamento fosse efetuado. O débito estaria afetando a diversos profissionais que atuaram nas unidades municipais de saúde, durante a Micareta de 2023.

No cartaz levado pelo manifestante dizia:
“Em qualquer lugar, esta situação seria absurda. Em uma cidade cujo prefeito é um médico, chega a ser surreal. Há médicos e médicas que ainda não receberam os plantões da Micareta do ano passado”.

Contratada através de regime terceirizado para a Prefeitura, a filha do manifestante decidiu deixar a função, pois ficava mais de 90 dias sem receber salário.

Fonte A tarde da Bahia